Você está no Portal Noivas de:

Traje do Noivo

noivoQuem não sonha em ter um príncipe encantado à espera no altar?

Como isso está perto de se realizar, fique atenta a algumas dicas.

Como a noiva, o noivo também deve escolher com cuidado o tipo de traje usar durante a cerimônia, de acordo com o horário e o estilo de casamento.

Muitos acham que é só colocar um terno e pronto. Puro engano! Os noivos enfrentam os mesmos problemas que as noivas ao fazer a escolha da roupa e dos acessórios mais adequados para usar no grande dia.

O traje deve ser decidido com três meses de antecedência. Como as tendências da moda mudam todo o momento, as opções estão cada vez mais diversificadas e modernas. Cores, tecidos e estilos vivem se alternando e se transformando em criações completamente novas.


Tipos de Trajes

Com experiência de dois anos no ramo de trajes para noivos e 20 vestindo noivas, Ricardo Brunhara, da Tutto Uomo, afirma que os noivos têm preferido trajes mais despojados e informais. Os de comprimento um pouco mais longo do que os tradicionais são os preferidos, usados abertos durante e após a cerimônia.

A novidade também fica por conta dos tecidos, em que os mesclados são os mais utilizados.

O traje e a cor escolhidos variam de acordo com o tipo da cerimônia e o horário. Já os demais detalhes ficam por conta do estilo do próprio noivo e da combinação com o traje da noiva. Para se familiarizar com as opções existentes, confira a lista abaixo:

  • BLACK TIE – Trata-se de um paletó de Summer acompanhado de calça preta e gravata borboleta.
  • CASACA – Traje formal, curto na frente e com longa cauda na parte detrás. A calça pode ser do mesmo tecido e cor. O preto é o preferido, acompanhando com faixa preta e gravata. Pode ainda ser usado com colete ou plastron, que é uma gravata em seda ou cetim amarrada em forma de lenço com uma pérola ou botão no centro.
  • DINNER JACKET - Este traje é formado por um terno que termina na cintura com aplicação de cetim na gola. Ideal para ser utilizado com faixa e gravata borboleta.
  • FRAQUE - Paletó classicamente longo com apenas um botão e na cor cinza-chumbo, acompanhado de calça cinza riscada e colete cinza claro. Utiliza-se um cravo para completar o traje.
  • MEIO-FRAQUE – Sua diferença do fraque inteiro é que o paletó é curto. Os demais detalhes são os mesmos.
  • SMOKING - Um dos trajes masculinos mais tradicionais é composto por paletó com gola xale ou em bico, com detalhes em cetim. A calça deve ser do mesmo tecido, com a faixa lateral. Predomina o uso com gravata borboleta e faixa. Pode ser usado com coletes variados.
  • TERNO - O paletó e a calça devem ser feitos do mesmo tecido e cor, usados com camisa social e gravata.
  • SUMMER – É como um smoking, mas na cor branca. As faixas podem ser de diversas cores, mas o preto ainda é o mais usado. Outra opção é o SUMMER NIGHT, com paletó branco e calça preta. O ideal é usá-los com gravata borboleta.
  • TÚNICA – Sua gola é diferenciada, com ou sem detalhes. Trata-se de um traje comprido e que normalmente é combinado com um colete da mesma cor. A gravata pode variar entre o plastron e a borboleta. Ideal para combinar com a noiva que escolher um vestido no estilo medieval.

A que horas usar?
Esta é a pergunta favorita da maioria dos noivos. A dúvida vai desde o tecido da gravata até o tipo de traje.E cada detalhe deve ser visto com muito cuidado e atenção para que o conjunto fique perfeito.

As cerimônias à luz do dia, pela manhã, pedem ternos em tons mais claros, como branco, palha, creme, bege e cinza claro.

Em dias mais frios, tons mais escuros são permitidos. As gravatas podem ganhar um pouco mais de cor neste horário, mas nada de exageros. Prefira a sutileza das cores ou o “tom sobre tom”.

Se a cerimônia for na igreja, o noivo poderá optar ainda pelo meio-fraque com gravata social.Uma opção que também cai bem para este horário é um cravo branco ou uma flor de laranjeira presa à lapela, obrigatoriamente naturais. As camisas devem ser sempre em tons branco e pastel, evitando o preto que é muito pesado para o horário.

Para a tarde, o noivo poderá escolher entre o fraque, o Summer ou o dinner jacket, além das opções matinais.  Todos são elegantes para a ocasião e dispõem de diversas cores.

Cerimônias realizadas à noite pedem mais requinte. Portanto, casacas, ternos italianos, smoking e black tie são os ideais para a ocasião, mas os demais trajes também poderão ser utilizados, desde que em tons mais escuros. A escolha vai variar conforme o estilo da cerimônia. As mais formais pedem o tradicional cores preto, azul marinho, vinho e marrom, mas estão proibidos os cravos vermelhos ou cinzas. Alguns detalhes na lapela ou no colete também são permitidos, variando conforme a preferência do noivo.

CAMISAS 

A camisa é outra peça que merece atenção e deve ser escolhida conforme a formalidade da ocasião e o traje escolhido. As mais adequadas para acompanhar o terno e o meio-fraque são a social ou com a gola tipo padre.Outras opções bastante usadas são a camisa vovô, lisa e plissada, que possui toda a parte da frente nervurada, ideal para o uso com gravata borboleta.Camisas de seda caem bem para cerimônias realizadas no fim da tarde ou à noite, podendo ter golas diferenciadas.“Para acompanhar a modelagem das gravatas italianas, que estão em alta para casamentos, os noivos têm preferido a camisa social branca em tricoline, tecido mais leve para favorecer a transpiração e o conforto”, afirma Ricardo Brunhara.O comprimento das mangas deve ser sempre longo e os punhos, preferencialmente, devem permanecer abotoados por todo o tempo. As que possuem dupla de abotoadora são indicadas para acompanhar smoking, fraque ou casaca.

SAPATOS

Os sapatos adequados para uma cerimônia de casamento são os de couro, e devem estar muito bem engraxados. Na hora da escolha, é importante verificar se o calçado é confortável. Afinal, ele será usado por horas seguidas e este detalhe é muito importante.Então, se não ficar confortável, a ordem é descartar e escolher outro. As meias devem ser sempre finas e da mesma cor dos sapatos, que não fogem ao preto e ao marrom.

CINTOS E FAIXAS

Se a escolha for o terno, cintos de couro estão liberados, desde que sigam o mesmo tom dos sapatos.As faixas estão cada vez mais em desuso. Os noivos que optarem pelo colete podem não usar cinto, já que este o encobrirá.Existem algumas confecções que oferecem calças com ajustes na cintura, sem que seja necessário  o cinto ou faixa para segurá-la. É o caso da Tutto Uomo, conforme conta Ricardo : “Como muitos noivos não têm o costume de usar cinto, indicamos o colete e as calças com ajuste para que ele se sinta mais à vontade. Não indicamos mais faixas, apenas cinto de couro”.

GRAVATAS

A gravata virou moda na França, em 1650. De lá para cá, se transformou num acessório indispensável ao traje social e sofreu diversas alterações. Algumas mais ousadas outras menos. Sua escolha varia mesmo conforme o gosto e a personalidade do noivo.As mais procuradas, hoje, são as de corte italiano, que vestem bem com camisa social. São indicadas principalmente para acompanhar a casaca e o terno, sempre com camisa lisa.A plastron é mais antiga, porém ainda usada. Mais larga do que as tradicionais, é amarrada como um lenço, colocando-se uma pérola ou similar no centro.Podem ser lisas ou riscadas, acompanhando o restante do conjunto, geralmente usada com camisa vovô, fraque e meio-fraque. Já a gravata borboleta vai bem sempre que o colete for usado. São indicadas para smoking, Summer e túnica.

COLETES

As opções oferecidas de coletes são bem variadas. Tecidos, cores, cortes e tamanhos são diferentes e atendem a todos os gostos. A escolha do colete também vai variar conforme a formalidade da cerimônia, o horário e o traje escolhido.Ternos italianos aceitam bem peças mais arrojados, mas cuidado para que não se destaque do restante. Coletes com detalhes em dourado são permitidos somente para a noite.

Seguindo essas dicas o noivo se tornará o mais belo de todos!

Veja Também:
Empresas de Trajes para o Noivo